A luta pela Taça FIA de Bajas tem agendado este fim de semana mais um intenso duelo com o desenrolar da Baja Aragón (Espanha). O russo Vladimir Vasilyev (Mini ALL4 Racing) lidera com estreita vantagem sobre os pilotos do médio oriente Yazeed Al Rahji (Toyota Hilux Overdrive) e Nasser Al-Attyiah (HRX Ford). O vencedor do Dakar, o espanhol Nani Roma aos comandos de um Mini ALL4 Racing, terá também uma palavra a dizer em termos de classificação geral. A equipa alemã X-Raid Mini conta ainda com Erik Van Loon, Martin Kaczmarksi, Orlando Terranova e Aidyn Rakhimbayevna na ajuda de um bom resultado. Por outro lado, as extremamente competitivas Toyota Hilux preparadas pela equipa Overdrive garantirão forte oposição com os pilotos Marek Dabrowski, Adam Malysz e o brasileiro Reinaldo Varela (vencedor da prova em 2012). O piloto checo Miroslav Zapletal alinhará com o seu já habitual Hummer H3.

A representação portuguesa nesta edição da baja espanhola é tímida. Em ano de grande interesse do Campeonato Nacional de Todo o Terreno (CNTT) a dupla Alejandro Martins / Nuno Rodrigues da Silva em Toyota Hylux Overdrive ambicionam a um resultado de relevo além fronteiras. Paulo Fiúza, credenciado navegador com larga experiência no Dakar, estará presente na prova a acompanhar Guilherme ‘Guga’ Spinelli. Esta prova servirá para o navegador mafrense se ambientar em condições de corrida ao carro em que fará dupla com o piloto Carlos Sousa no próximo Dakar. Paulo Rui Ferreira, com Jorge Monteiro, e Pedro Veríssimo, com Rui Veríssimo, encerram a lista de equipas nacionais, ambas em Nissan Navara OffRoad.

A Baja Aragón tem partida marcada para a próxima sexta feira dia 18 em Teruel pelas 18:30 para a superespecial com 6,5 km de extensão. No sábado os concorrentes enfrentam dois setores seletivos, o primeiro com 116 km e o segundo com 217 km, repetindo no domingo estes mesmos dois setores.

 

Classificação da Taça do Mundo FIA de Bajas

1.VLADIMIR VASILYEV (RUS) 159 pontos;
2 YAZEED ALRAJHI (SAU) 120 pontos;
3 NASSER AL-ATTIYAH (QAT) 102 pontos;
4 MAREK DABROWSKI (POL) 82 pontos;
5 MIROSLAV ZAPLETAL (CZE) 68 pontos;
6 ADAM MALYSZ (POL) 66 pontos;
7 ERIK VAN LOON (NLD) 48 pontos;
8 REINALDO VARELA (BRA) 46 pontos;
9 BORIS GADASIN (RUS) 27 pontos;
10 YURIY SAZONOV (KAZ) 25  pontos…

 

 

Mais informação: www.bajaaragon.com

reinaldo varela

O mais recente avião da Boeing, o 787-9 Dreamliner, começou a ser entregue às primeiras companhias aéreas nas últimas semanas. Com uma construção onde abundam materiais superleves como a fibra de carbono e o alumínio, o avião promete pontes aéreas entre cidades que nunca tiveram ligação direta graças à sua espantosa autonomia reforçada. O grande alcance deste avião, em termos de distância máxima que consegue percorrer, não é apenas o grande trunfo deste ‘Dreamliner’ de luxo projetado para abater a mais recente aeronave supereficiente da concorrente europeia Airbus. A maneabilidade ímpar foi demonstrada pela Boeing recorrendo a um conjunto de muito experientes pilotos que rasgaram os céus com este avião gigante em conjuntos de manobras que apenas alguns aviões mais pequenos e mais rápidos conseguem superar. Será que o seu estômago iria aguentar tantas curvas em Fernborough (Estados Unidos)?

Boeing 787-9

 

O milionário americano Don Panoz é conhecido pelo seu caráter excêntrico e também pelo seu mau feitio. Desde dezembro último que a Panoz Deltawing Technologies encontra-se em litígio com a Nissan por causa de um alegado roubo de propriedade intelectual, em causa está o design do Nissan Zeod RC. A disputa era já conhecida há algum tempo, desde que os dois antigos associados no projeto Nissan Deltawing romperam a sua ligação, mas tornou-se pública com a Deltawing a adquirir espaços publicitários no jornal The Tennessean. um jornal cuja área de atuação situa-se nas imediações da sede norteamericana da Nissan, e no órgão de referência da indústria automóvel Automotive News, para publicação de uma campanha cujo alvo principal é o Presidente da Nissan Carlos Ghosn.

O convite é feito à audiência, tal como um apelo a um júri de um tribunal americano, para deslindar quais as diferenças (demasiado óbvias) entre o design original do Deltawing e do futuro Nissan Zeod RC. Em declarações ao Autoblog.com um portavoz da Deltawing referiu que esta tática pretende um acordo amigável com a marca japonesa, agora que o processo entra numa segunda fase de instrução ainda sem data marcada para leitura do veredicto. A Nissan por sua vez remeteu-se ao silêncio com um politicamente correto «não comento» de acordo com o mesmo site.

 

 

 

 

Estão apurados os dois representantes nacionais nas finais europeias da Playstation Nissan GT Academy. Hugo Marcos e Pipo Rodrigues conseguiram destacar-se dos restantes concorrentes, apurados em concorridas competições on-line e que tiveram como base o jogo GranTurismo 6 (GT6) das consolas Sony Playstation 3 e 4 e os automóveis da Nissan. O GT Academy Race Camp no traçado britânico de Silverstone é a etapa que se segue para estes dois jovens aspirantes a piloto, que no passado fim de semana superaram as provas de exames físicos, entrevistas em inglês, relação com os media, condução em simuladores, condução em circuito de obstáculos e condução em pista.

Recordamos que no ano passado a vitória europeia coube a um representante português, Miguel Faísca que ainda hoje se encontra ligado à marca nipónica depois de ter sido recebido formação intensiva de pilotagem para posteriormente ter participado em provas emblemáticas de corridas de resistência de automóveis.

Para o ano a iniciativa, que tem conhecido assinalável sucesso e vai já na sua sexta edição, deverá repetir-se. Quem pretender candidatar-se poderá já começar a treinar na Playstation 4. A Sony tem em curso até dia 20 de julho uma campanha de aquisição da mais recente consola, a Playstation 4, a prestações sem juros.

Saber mais sobre a GT Academy aqui.

playstation gt academy

 

10 mil dólares é o montante do prémio instituído para ‘hackar’ o emblemático automóvel revolucionário do fabricante americano Tesla. Para os ganhar o pirata informático (‘hacker’) tem que conseguir aceder remotamente ao ecrã tátil de 17 polegadas que possui ligação à Internet e controla todos os sistemas do automóvel. Este ecrã, de grandes dimensões e alta definição, encontra-se na consola central do luxuoso Model S. A competição, que pretende averiguar a força do sistema de segurança informática da Tesla, terá lugar nos próximos dias 16 e 17 de julho na conferência SyScan em Pequim. Apesar de parecer um desafio à altura de craques informáticos os peritos afirmam ser relativamente acessível, já que entre o automóvel e o telemóvel do utilizador do Model S existe um sinal de comunicação constante e que não terá recebido um mecanismo de encriptação de grande complexidade pela Tesla de forma a impedir os ataques informáticos. 

Ler também: Tesla Model S roubado em concessionário sofreu aparatoso despiste em Los Angeles

Tesla Model S ecrã

 

A Ferrari encontra-se a desenvolver uma versão especial do LaFerrari, o seu topo de gama superdesportivo híbrido, que receberá como o anterior Enzo e 599 a designação XX. Esta nomenclatura é utilizada pela marca para os modelos protótipo excecionais. O LaFerrari XX já rodou nos primeiros testes no traçado de Monza, mas a intensidade dos trabalhos foi tanta que o sistema de suspensão traseiro acabou mesmo por ceder resultando nestas imagens desoladoras.

O LaFerrari tem motor V12 com 6,3 litros auxiliado por sofisticado sistema de motorização elétrico HY-KERS derivado diretamente da Fórmula 1. Os seus 800 cv de potência permitem-lhe atingir os 351 km/h de velocidade máxima e os 100 km/h em apenas 3 segundos. A produção deste modelo, na sua versão ‘normal’, há muito que se encontra esgotada. Cristiano Ronaldo chegou a manifestar grande interesse na aquisição de um exemplar, mas a marca deu prioridade a outros clientes (saber mais aqui)

FONTE: Autoblog.com

As ondas cerebrais de Eduardo Galvani, jovem designer brasileiro, idealizaram o mais atraente automóvel para grandes viagens de lazer. Um carro que todos os amantes de aventuras na estrada ‘road-trips’ ambicionam um dia ter como companheiro de viagem. O design cativante do pequeno Nimbus e-car, com aparência de carro bolha como os Messerschmidt do pósguerra, é acompanhado por um ar robusto de jipe do Camel Trophy. Se algum dia entrar em produção, podemos afirmar que é o carro que melhor substitui as antigas Volkswagen pão de forma que tantos surfistas e hippyes idolatram. 

Por enquanto é apenas um estudo de design, apesar de Eduardo Galvani ter tido a preocupação de especificar os materiais e motorização que animam a sua desejável criação. Produzido em materiais ultraleves como a fibra de carbono, titânio e alumínio, o Nimbus e-car foi pensado para ser leve e com um consumo energético supereficiente. A motorização por sua vez é elétrica e recorre a um extensor de autonomia, idêntico a automóveis como o Opel Ampera e o BMW i3, para o natural reforço da autonomia. Do lado dos sistemas de assistência á condução terá piloto automático, partilha de rede de Internet sem fios no interior. 

Sonhamos que um destes dias esteja à nossa espera para umas férias na estrada!

nimbus haflinger nimbus haflinger 2

A Skoda tem pronta a terceira geração do seu automóvel urbano Fabia. Modelo de sucesso na gama da marca checa, tem conhecido na sua última geração, cuja vida vai já em sete anos, importantes triunfos nos ralis europeus e mundiais. O novo Fabia recorre à antiga plataforma PQ25, revista e atualizada em diversos parâmetros, tendo a administração da Skoda abandonado a plataforma modular do grupo Volkswagen MQB (a mesma do Golf VII) para esta nova geração. A gama de motorizações será muito idêntica à do Volkswagen Polo. De fora da nova gama Fabia terá ficado também a versão desportiva vRS por força da falta de expressão de vendas assinalada.

A estética do novo Skoda Fabia, modelo que fará a sua estreia em outubro no Salão do Automóvel de Paris, aproxima-se dos mais recentes Octavia e Rapid. Linhas mais vincadas e angulares estão entre as marcas proeminentes deste novo modelo. O novo Fabia manterá igualmente a pintura do tejadilho em cor diferente da restante carroçaria o que lhe confere um caráter acrescido em termos de personalização.  

Fonte: www.paultan.org

 

 

Depois de anos de contestação por parte dos fãs o Automóvel Clube de Portugal cedeu e segundo o diário desportivo ‘A Bola’ vai organizar a sua prova mais emblemática, o Rali de Portugal, utilizando as classificativas nortenhas que consagraram pilotos e máquinas nas décadas de 70, 80 e 90. Segundo a mesma fonte, o centro nevrálgico da prova, que nos últimos anos estava instalada com todas as valências logísticas no Estádio do Algarve passa assim para a Exponor em Matosinhos. Em termos desportivos os pilotos terão de enfrentar classificativas nas zonas de Viana do Castelo/Ponte de Lima/Caminha, Vieira do Minho (Cabreira) e Amarante/Baião (Marão e Aboboreira) conhecidas pela extrema dureza. A data da prova essa também sofrerá alteração de forma a conseguir menor probabilidade da prova se desenrolar sob condições climatéricas adversas. A superespecial essa segundo a mesma fonte poderá desenrolar-se na Foz do Douro no Porto. O Rali de Portugal deverá ser inscrito no calendário do Campeonato Mundial de Ralis WRC no limiar do verão (final de junho como precisa o jornalista de ‘A Bola’).

Em termos políticos as críticas ecoam já por diversos órgãos de comunicação, com os responsáveis do turismo e municípios algarvios desolados por terem perdido importante fonte de receitas. A logística da prova poderá ser afetada pela elevada expectativa que o regresso aos troços nortenhos tem gerado no seio das dezenas de milhares de aficionados deste desporto, sejam eles portugueses ou espanhóis. A exemplo do que tem acontecido durante o Fafe Rally Sprint, evento que terá servido de laboratório para esta mudança radical, o trânsito e os constrangimentos causados pela afluência muito alta de público poderão gerar momentos complicados em termos organizativos e desportivos aos pilotos e equipas.

rali de portugal fafe

A Smart tem a caminho do Salão do Automóvel do Paris o novo ForTwo e ForFour. Se o primeiro entrou para a história do automóvel como modelo revolucionário da mobilidade no quotidiano citadino, o segundo não chegou a conhecer o sucesso esperado da marca que noutros tempos ambicionou uma gama completa de automóveis pequenos construídos de acordo com a filosofia do fabricante de relógios Swatch. A parceria estabelecida com a Renault dá assim os seus dois primeiros frutos, ou seja, o novo modelo da marca da Mercedes terá muito em comum com o novo micromonovolume urbano Twingo (saber mais aqui).

Com esta injeção de produtos novos na gama voltam também a surgir indicações de que o grupo Daimler-Benz esteja a preparar novos modelos para lançar sob a égide da Smart. Um micro-SUV será o primeiro desses modelos inéditos na marca. Toyota Aygo, Citroen C1 e Peugeot 108 que se cuidem, o novo Smart regressou atual, sofisticado e com a solidez da imagem que construiu à custa do seu caráter fashion e revolucionário.

Saber mais: ForJoy dá preciosas indicações sobre os futuros modelos da Smart

novos smart

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d bloggers like this: