O recente lançamento da mais nova geração de smartphones da Apple, o iPhone 6 e 6 Plus, assim como a distribuição do sistema operativo para dispositivos portáteis iOS 8 tem sido fértil em críticas. Este lançamento cujo sucesso deixa a desejar, apesar de ter feito despertar o entusiasmo dos fãs de tecnologia, tem obrigado a Apple a acelerar o lançamento de uma versão com fiabilidade melhorada. Com a mobilização de recursos para a área do iOS a Apple viu-se forçada a adiar a entrada no mercado da sua solução de conetividade com automóveis CarPlay. Segundo o site 9to5 Mac o fabricante dos iPhones removeu todas as menções ao ano de 2014 na sua página de informação do CarPlay.

Ferrari, Honda, Hyundai, Mercedes-Benz e Volvo são os fabricantes de automóveis que irão oferecer esta tecnologia. Até ao momento o Ferrari FF é o único automóvel à venda no mercado com este dispositivo. O Apple CarPlay permite uma sincronização total dos smaprthones iPhone com os automóveis equipados com esta funcionalidade. Além disso uma das caraterísticas do sistema é replicar no ecrã do automóvel o ecrã do smartphone.

apple carplay

A Lancia morreu, mas toda a história da marca italiana continua bem viva entre os amantes de automóveis. Criadora de automóveis que entregaram glórias de outros tempos à marca no panorama dos ralis mundiais hoje proporcionamos-lhe uma viagem num fascinante Lancia 037 do antigo Grupo B, mas numa rara versão de estrada, ou ‘stradale’ como denominam os italianos.

O auge dos ralis mundiais estava no seu crepúsculo, a marca retirava os vitoriosos Stratos para lançar um mais atual 037 que abriria caminho para o Delta S4 (último modelo de Grupo B) e aos famosos Delta Integrale. O 037 surgiu em 1983 no campeonato do mundo de ralis. Este carro de apenas tração traseira, travou épicos combates em estradas míticas como as da Serra de Sintra, Montejunto e Arganil, contra a forte e eficaz armada alemã de Audi Quattro, modelos praticamente imbatíveis pela sua tração total.  Este foi o último carro de tração traseira a vencer um campeonato do mundo de ralis.

Tal como a extinta Federação Internacional do Desporto Automóvel preconizava os modelos de Grupo B que as marcas pretendiam inscrever nos ralis do WRC tinham que ter um número mínimo de unidades produzidas com especificações de estrada. Ou seja a Lancia teve que produzir 200 destes carros, equipados com motor 2 litros com compressor volumétrico afinado pelos especialistas da Abarth capaz de entregar de forma violenta 240 cv.

Em Portugal o Campeonato Nacional de Ralis chegou a contar com dois destes automóveis: um entregue ao virtuoso piloto de Guimarães António Rodrigues e outro ao pluricampeão nacional da modalidade Carlos Bica.

Aqui fica uma breve viagem numa destas glórias de outros tempos!

Lancia 037 bica duriforte

 

O jordano Yazeed Al-Rahji foi esta tarde o mais rápido na superespecial de abertura do Rali do Chipre. A prova, pontuável para o Campeonato Europeu de Ralis ERC conta igualmente com a presença da dupla portuguesa Bruno Magalhães / Carlos Magalhães em Peugeot 208 T16 R5. Esta equipa foi a quinta classificada, mais lenta 8 segundos do que Al-Rahji em Ford Fiesta RRC, para cumprir os 5,98 km nas ruas de Nicósia.

Assim está ordenada a classificação:

Após PEC1

  1. 5 Y. AL RAJHI / M. ORR (GBR) – FORD FIESTA RRC 5:04.1
  2. R. CONSANI (FRA) / M. VILMOT (FRA) – PEUGEOT 207 S2000 5:06.9 +2.8
  3. K. AL QASSIMI (ARE) / C. PATTERSON (GBR) – CITROËN DS3 RRC MERC 5:08.1  +4.0
  4. A. AL-KUWARI (QAT)  / K. DUFFY (IRL)  – FORD FIESTA MERC 5:10.8  +6.7
  5. B. MAGALHÃES (PRT)  / C. MAGALHÃES (PRT)  – PEUGEOT 208 T16 R5 5:12.1  +8.0
  6. C. BREEN (IRL)  / S. MARTIN (GBR) – PEUGEOT 208 T16 R5  5:14.1 +10.0
  7. N. AL-ATTIYAH (QAT) / G. BERNACCHINI (ITA) – FORD FIESTA RRC  5:16.7 +12.6
  8. P. POLYKARPOU (CYP) / G. WINTER (AUT) – MITSUBISHI LANCER EVO IX 5:25.7 +21.6
  9. M. HUDEC (CZE)  / P. PICKA (CZE)  – MITSUBISHI LANCER EVO IX  5:26.3 +22.2
  10. V. PUSHKAR (UKR) / I. MISHYN (UKR) – MITSUBISHI LANCER EVO X 5:27.0  +22.9

Siga a prova em direto através de www.fiaerc.com

bruno magalhães chipre 208 t16 R5

Em fase de lançamento da nova carrinha Classe C na gama da Mercedes, o nosso destaque de hoje vai para uma estranha modificação efetuada numa antiga Mercedes-Benz 220D de 1971 na África do Sul. Além da carroçaria convertida em utilitária pick-up a bizzarria extrema reside na mecânica que encontramos no seu interior.

Transformada pela Sedgefield Classic Cars a Mercedes 220D pick-up recebeu um motor V8 a gasolina de origem Lexus, ou seja, o seu anterior pachorrento e pesado coração alemão a gasóleo foi substituído por um moderno e suave motor japonês.

Apesar de ainda não ter incorporada a mais avançada tecnologia híbrida japonesa, a fusão entre o frio e conservador design alemão e com o refinamento da mecânica japonesa.

A pickup Mercedes Benz 200d de 1971 encontra-se à venda na África do Sul por 75,000 rand (cerca de 5300 euro).

Outras notícias relacionadas com a Mercedes Benz aqui.mercedes lexus hybrid pickup

 

A empresa  norteamericana ComSonics desenvolveu um novo sistema de radar capaz de detetar se um condutor se encontra a escrever ao telefone, um dos hábitos mais perigosos e cada vez mais frequentes nas estradas de todo o mundo. O novo radar com esta funcionalidade utiliza tecnologia já utilizada há vários anos por equipas de reparação de infraestruturas de telecomunicações já que a deteção é efetuada através da monitorização de um espetro de gamas específico utilizadas por telefones móveis. A alta precisão do novo e sofisticado radar permite identificar um conjunto de situações alargado que vão desde as legais chamadas efetuadas por sistema mãos livres Bluetooth à receção de e-mails, assim como a escrita e envio de mensagens que representa um fator potenciador da sinistralidade rodoviária.

De acordo com um portavoz da ComSonics o dispositivo está prestes a arrancar a sua produção e as primeiras unidades deverão ser distribuídas às forças da autoridade norteamericana ainda antes do final de 2014.

Notícias relacionadas com radares e polícia aqui

radar psp

Para fazer face aos constrangimentos do trânsito urbano, preocupações ambientais e a contínua escalda do preço dos combustíveis a Citroën vai mostrar no Salão do Automóvel de Paris uma versão Airflow do C4 Cactus que consome apenas 2 l/100km. A aplicação de toda a genética da marca francesa de aplicação da criatividade e conhecimento tecnológico nos seus produtos teve no C4 Cactus Airflow 2L um excelente resultado.

Este SUV / Crossover nascido para fazer face às novas exigências dos consumidores em termos de economia de combustível sofreu diversas alterações face ao C4 Cactus de série. Assim a marca trabalhou de forma intensiva a aerodinâmica, optou por pneus com resistência mais baixa ao rolamento (mais altos e mais estreitos), reduziu o peso em cerca de 100 kg através da utilização de peças fabricadas em materiais mais leves. a implementação da tecnologia híbrida a ar comprimido Hybrid Air patenteada pelo grupo PSA contribui para a redução dos consumos em cerca de 30%.

O novo Citroën C4 Cactus Airflow 2L Concept estará exposto ao público no espaço da Citroën no Salão do Automóvel de Paris.

Citroen C4 Cactus Airflow 2l Concept

A gama de modelos ADAM da Opel vai em breve receber um motor de alta performance com 150 cv. A versão ADAM S será revelada no próximo Salão do Automóvel de Paris (4 a 19 de outubro), juntamente com outras novidades da marca alemã (por exemplo o novo Opel Corsa e o crossover urbano ADAM Rocks).  Sob uma carroçaria discreta, o ADAM S conta com um grande equilíbrio dinâmico oferecido pelo motor 1.4 Turbo ECOTEC de 150 cv . De forma a acompanhar as prestações elevadas deste modelo o novo ADAM S foi afinado ao nível do chassis e suspensão pelos técnicos especializados do Opel Performance Center (OPC).

Os novos ADAM S e Rocks, desportivo e crossover urbano respetivamente, poderão ser encomendados a partir do mês de novembro estando a chegada ao nosso país prevista para janeiro de 2015.

Opel ADAM S 150cv

Com a comercialização já iniciada em alguns mercados, a BMW expandiu a sua oferta de motores para o primeiro monovolume da sua história. O Série 2 Active Tourer receberá três novos motores e o sistema de tração integral inteligente xDrive já conhecido de outros modelos da marca. Entre as novidades duas novas unidades turbodiesel com três e quatro cilindros e um novo motor de alto rendimento a gasolina.

Assim a gama que até aqui era composta pelas versões: a gasolina 218i (1,5 litros e 136 cv) e 225i (2 litros e 231 cv), e turbodiesel 218d (2 litros e 150 cv) receberá os novos 220i (2 litros, 192 cv e 280 Nm), 220d (2 litros, 190 cv e 400 Nm) e o inédito 216d que estreia o motor de três cilindros turbodiesel entre os modelos BMW. Esta versão, de economia reforçada, conta com 116 cv de potência e 270 Nm de binário obtidos a partir de uma unidade 1,5 litros que apresenta consumo médio de 3,8 l/100 km e emissões de 99 g/km. A velocidade máxima do 216d Active Tourer é de 195 km/h. Esta versão estará disponível apenas com caixa manual com 6 relações. A produção das novas versões terá início no próximo mês de novembro.

As versões de elevada performance 225i e 220d do Série 2 Active Tourer vão também a passar a contar com a opção de surgirem equipadas com o sistema de transmissão integral inteligente xDrive da BMW.

2 Active Tourer

O governo apresentou o Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO) que permitirá fiscalizar de forma efetiva o excesso de velocidade dos veículos. Este sofisticado sistema de radares contará com 30 destes dispositivos móveis em 50 locais dispersos por todo o território nacional. A entrada em funcionamento deste ‘big brother’ atento aos aceleras prevê-se que aconteça em 2015, segundo a proposta do Governo das Grandes Opções do Plano (GOP).

O sistema nacional de controlo de velocidade por radares é idêntico aos já existentes noutros países europeus. Para acompanhar a entrada em funcionamento deste dispositivo que permitirá ao executivo de Pedro Passos Coelho arrecadar alguns milhões de euros em multas e contra-ordenações será também efetuada a informatização de todas as esquadras da GNR e PSP.

O sistema de rede de radares de controlo de velocidade SINCRO foi uma ideia original do antigo Ministro da Administração Interna Dias Loureiro no limiar da década de 90. Adaptado a uma nova realidade a posição dos novos radares incidirá sobre 50 pontos onde a sinistralidade ocorra com maior frequência.

Leia também: Novo radar permite detetar se condutores estão a escrever ao telemóvel

radar movel pistola

A revista BMW Magazine pasou a ser distribuida gratuitamente em formato digital para todo o mundo. A nova publicação, que conta com um elevado número de conteúdos exclusivos, alinhados em grafismos elaborados e imagens de muito alta resolução está disponível sob a forma de aplicação (‘app’) para telemóveis e tablets Android e iOS (iPhone e iPad) ou então através do browser de internet no caso de utilizadores de PC.

A BMW Magazine foi feita criada segundo a sofisticada tendência de design ‘responsivo’ para adaptação excelente a qualquer formato de dispositivo. É ainda dada a possibilidade de visualização de inúmeros vídeos interativos como suporte ao interessante conteúdo editorial.

A BMW Magazine é publicada em em inglês, alemão, espanhol e francês. A BMW Magazine tem em Hendrik Lakeberg o responsável editorial e Dirk Linke como editor artístico. A publicação está a cargo da HOFFMANN UND CAMPE Corporate Publishing.

Historicamente a BMW Magazine foi lançada em papel em 1989 e publicada duas vezes por ano (em março e setembro). Com mais de 100 páginas a BMW Magazine tem uma tiragem de 3 milhões de exemplares publicados em 24 línguas. A sua circulação acontece de forma quase universal em cerca de 100 países.

Link para download da app BMW Magazine para dispositivos Android (aqui) e iOS (aqui). Para utilizadores de PC utilizar este link.

 

201409-P90163507-zoom-orig

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d bloggers like this: