BMW M3 CSL Lightweight 1995: o M3 mais raro de sempre

Um BMW M3 de 1995 pode não ser assim tão raro como à primeira vista possa parecer, mas este exemplar encontrado à venda no popular site de leilões Ebay tem uma particularidade: trata-se de uma versão extra-desportiva criada pela BMW a fim de satisfazer as necessidades dos consumidores mais exigentes em termos de prestações.

Segundo o anúncio, a viatura em questão nunca correu ou sofreu alguma utilização excessiva capaz de o danificar… ou até mesmo fatigar, tendo apenas 50 mil km, não necessitando de qualquer reparação ou intervenção mecânica. Mais leve do que o modelo dito normal cerca de 140kg, este modelo está ainda equipado com uma suspensão com molas mais rijas capazes e conferir um acrescido comportamento desportivo ao já carismático modelo alemão, que no motor, de 6 cilindros, conta com quase 300cv, contra os 286cv de série já que foi profundamente revisto pelos engenheiros da divisão desportiva da BMW:a M Technik. A decoração no capot é igualmente de origem, e este é um dos mais raros BMW M3 de todos os tempos.

Criado para a competição, viu serem eliminadas mordomias como o ar condicionado, os estofos em couro, o tecto de abrir, o rádio, os tapetes e isolamentos acústicos do interior, bem como do compartimento do motor, o pneu suplente e o macaco, tendo sido mantido o tablier, a chaufagem e os vidros eléctricos. Foram ainda adicionadas portas em alumínio, tapetes especiais mais finos, bem como revestimento interior do tejadilho mais leve, alguns elementos em fibra de carbono, suspensão desportiva, e um diferencial traseiro com uma relação mais curta (3.23:1 em vez de 3.15:1). Uma barra anti-aproximação foi igualmente montada nos cabeçotes dos amortecedores dianteiros a fim de se obter a tão desejada rigidez, e uma nova geometria da suspensão dianteira que permite que se afine a suspensão.

O exemplar em questão pode ser visto através do link eBay Motors e encontra-se à venda por um preço de 45 mil dólares, estando a viatura nos Estados Unidos, continente para onde foram importados 100 exemplares.

Diga de sua justiça!