Morreu aos 100 anos o ‘pai’ da Lexus e autor de filosofias industriais como o ‘kaizen’ e o ‘jidoka’

 

Eiji Toyoda faleceu hoje com 100 anos vítima de problemas cardíacos no Japão. O líder da marca japonesa foi responsável pela sua expansão aos Estados Unidos, e enfrentou as poderosas Ford e General Motors no seu território.

Ao longo da sua carreira de praticamente 6 décadas, o primo mais novo do fundador da Toyota Motor Company, tornou um fabricante sob licença de automóveis da Chevrolet num dos exemplos de eficiência industrial e que rapidamente se tornaria motivo de inveja da General Motors e da Ford Motor Company. Eiji Toyoda abandonou as suas funções em 1994, quando a Toyota invadia os Estados Unidos com o Corolla, dava os primeiros passos com a Lexus e iniciava o projeto do automóvel a gasolina e eletricidade mais eficiente do mundo, o Prius. Eiji foi um dos seis presidentes da Toyota, familiares do seu fundador.

Com a morte de um dos líderes ais importantes da sua história, as ações da Toyota caíram 0,6% para 6,240 yen na Bolsa de Tóquio, enquanto que o índice Nikkei 225 perdia em média 0,7%.

Ao longo dos 69 anos em que trabalhou para a companhia, baseada em Toyota City no Centro do Japão, Eiji foi responsável por um importante papel de transição na gestão da marca japonesa. À data a Toyota montava modelos a partir de peças originais da GM, tendo depois permitido à companhia japonesa tornar-se 16 vezes mais valiosa do que a gigante de Detroit GM a quem comprava peças. Para implementar este modelo, a pesquisa e análise de práticas da Ford e da própria GM foram fatores determinantes.

Toyoda presidiu à Toyota Motor Company desde 1967 até 1982, uma das mais longas passagens de alguém pelo lugar mais alto da companhia.

Toyoda foi o pai do ‘Kaizen’ e do ‘Jidoka’

 

Durante a sua era na liderança a marca inaugurou pelo menos 10 novas fábricas, iniciou a sua exportação para dezenas de novos países, e tornou ainda mais preciso o processo de produção em termos de prazos e tempos, fatores decisivos para a consolidação do nível de excelência pelo qual a marca é hoje universalmente conhecida. Um dos sinais dessa força industrial é o Corolla, um dos automóveis mais vendidos na história do automóvel. Visionário sempre atento, Toyoda sempre sublinhou a importância dos conceitos de fabricação que se tornaram nos princípios elementares de produção da Toyota. Assim termos como o ‘kaizen’, que significa ‘melhoria continua’ e o ‘jidoka’ que quer dizer uso de máquinas que param quando detetam irregularidades devem-se a este importante líder e gestor nipónico. Estes são os dois principais fundamentos do chamado Toyota Production System, um conjunto de regras de gestão que foram adotadas não só por outras marcas de automóveis, como também, por outras indústrias, já que é um método rigoroso de eliminação de inventório excessivo de peças e outros imobilizados.

A Eiji Toyoda é reconhecido o mérito de ter aperfeiçoado a produção de automóveis, o que garantiu aos nipónicos praticamente invadir o mundo e dando verdadeiras lições de gestão a outros construtores de craveira universal como a GM com quem em 1983 assinou uma importante joint venture de produção de automóveis em Fremont (Califórnia). Com este vital acordo, Eiji demonstrou que as suas importantes ideias industriais e princípios de gestão podiam ser aplicadas a todas as culturas. Este sucesso de intercâmbio industrial é considerado como um alicerce da implementação das indústrias Toyota noutros países como o Canadá, Inglaterra e França.

Visão de Toyoda lançou Lexus em guerra contra a Mercedes e BMW

Ainda durante a sua passagem pela liderança da Toyota, Eiji foi um dos principais responsáveis pela construção do plano ‘Lexus’. A aprovação deste plano aconteceu em 1983 com o desenvolvimento de um automóvel de luxo em 1983 de forma a competir com os importantes concorrentes europeus Mercedes e BMW. A venda deste automóvel, o LS400, arrancaria nos Estados Unidos em 1989.

 

eiji toyoda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *