Rali de Portugal: acidentado Bertelli critica ACP

Lorenzo Bertelli, piloto de ralis do WRC e herdeiro da marca de moda Prada, em comunicado tece fortes críticas à organização do Automóvel Club de Portugal. O comunicado emitido há instantes pela equipa FUCKMATIE alerta para o facto do piloto italiano ter esperado mais de três horas na 10ª classificativa do Rali de Portugal – Fridão 1 (Amarante) – por uma ambulância.

Os factos pós-acidente de Bertelli

Segundo a FUCKMATIE o acidente aconteceu às 11:09 da manhã de sábado (dia 23 de maio) ao km 4,95 da classificativa Fridão, três minutos depois de ter sido dada a partida à dupla do Ford Fiesta WRC. O comunicado hoje emitido relata toda a sucessão de acontecimentos que coloca debaixo de fogo a máquina organizativa do Automóvel Club de Portugal. Este comunicado está acessível através do Twitter da equipa: https://twitter.com/fuckmatie37/status/602830752137539584

O navegador Bernacchini acionou o botão verde do sistema de socorro por GPS e mostrou o sinal verde ‘OK’ aos restantes concorrentes, dando conta de que a equipa não necessitava de nenhum meio de auxílio. Decorridos 20 minutos do acidente o piloto Lorenzo Bertelli começou a sentir-se tonto e enjoado por ter batido com a cabeça no arco de segurança ‘roll-bar’ do seu Fiesta WRC. Dados estes sintomas a dupla decidiu exibir o sinal vermelho ‘SOS’ e alertar através de telefone a organização dando conta de que precisava de socorro médico. O responsável médico da prova decidiu que não era necessário parar a classificativa Fridão 1, nem ativar de urgência a ambulância de forma a prestar socorro à dupla italiana.

Em seguida um paramédico que se encontrava a ver a prova nas imediações pode constatar o estado de saúde de Bertelli e foi efetuado novo contacto para o Chefe Médico da Prova que novamente negou a necessidade urgente de destacamento de uma ambulância.

Ainda no comunicado da equipa FUCKMATIE sobre o acidente no Rali de Portugal pode ler-se que cerca de 2 horas depois do acidente a equipa foi informada que teriam que aguardar mais uma hora para que a ambulância os evacuasse o que deixou incrédulo o paramédico que se encontrava no local. O estado de saúde de Bertelli inspirava cuidados médicos que tardavam em chegar. Foi efetuado por parte do paramédico externo à organização novo contacto com a linha de emergência do Rali de Portugal que novamente se recusou a interromper o normal desenrolar da prova pontuável para o Campeonato Mundial de Ralis WRC.

Três horas e vinte minutos depois a ambulância chegou ao local, levando o piloto acidentado para o Hospital de São João (Porto) para efetuar diagnósticos complementares. Ali os médicos efetuaram uma primeira TAC que não excluia lesões, tendo decidido manter o piloto sob observação até ao dia seguinte, onde foi efetuada nova TAC que não confirmou qualquer necessidade clínica acrescida.

Equipa FUCKMATIE indignada

A equipa montada por Lorenzo Bertelli está indignada com a leveza com que a organização, a cargo do Automóvel Club de Portugal, lidou com toda esta situação.

acidente bertelli rali de portugal fridão 1 2015 fiesta wrc

 

Diga de sua justiça!