Walter Rohrl sofre acidente com Porsche 918 Spyder

Walter Rohrl é um dos pilotos mais experientes e talentosos de todos os tempos. A sua ligação como piloto de desenvolvimento de novos modelos da Porsche surge no seguimento de uma longa e bem sucedida carreira que teve o seu início como motorista do bispo de Regensburg. Seguiram-se anos de ouro nos ralis, representando primeiro a Opel e depois a Audi que o projetou para o estrelato elevando os potentes Audi Quattro de Grupo B aos patamares mais altos dos ralis mundiais. Com a retirada da modalidade Rohrl passou a ser o mais alto consultor da Porsche no desenvolvimento e teste de novos modelos. Conhecido por ser talvez o único capaz de enganar o sistema de controlo eletrónico de estabilidade PASM da Porsche, o piloto sempre foi uma peça chave nas relações da marca com a Imprensa. Aos  68 anos Walter Rohrl continua a exibir a validade dos seus dotes de pilotagem, mas que desta vez não foram suficientes para evitarem um aparatoso acidente, dos muito poucos que regista em todo o seu percurso intimamente ligado ao desporto automóvel. Durante o teste de um fabuloso Porsche 918 Spyder na pista de testes da marca em Weissach, Rohrl mostrou que mesmo o mais experiente dos pilotos pode ter um diz aziago.

Como aconteceu o acidente de Walter Rohrl com o Porsche 918 Spyder

Numa das curvas para a direita da pista da Porsche em Weissach Walter Rohrl perdeu o controlo do 918 Spyder. A traseira acabou por se soltar, tendo o piloto alemão ficado sem alternativa de recurso para evitar males maiores. O acidente acabaria por acontecer, já que a correção e contrabrecagem do Porsche 918 Spyder não seria suficiente para evitar o encontro imediato em derrapagem com o muro da pista.

Apesar de não serem conhecidos detalhes sobre a extensão dos danos no Porsche 918 Spyder o video on-board mostra que os estragos possam ter sido bastante elevados. Em entrevista ao semanário alemão Auto Bild, Walter Rohrl afirmou «algo aconteceu com o piso da pista. Aquele escorregamento só assim pode ser explicado».

Produção do 918 Spyder terminou 919 unidades depois

Alguns dias depois de ter registado um importante triunfo nas 24 horas de Le Mans, a Porsche deu por terminada a produção do supercarro híbrido 918 Spyder. Este automóvel, direcionado a colecionadores, viu pelo menos duas unidades da sua escassa produção serem vendidas em Portugal. O preço base deste automóvel, que valorizará exponencialmente em termos de cotação nos próximos anos, era à data de cessação da produção de 805.067 euros no mercado nacional.

Walter-Rohrl-acidente-Porsche-918-Spyder-Weissach

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *