As estreias alemãs do Salão de Frankfurt

O Salão de Frankfurt de 2015 promete bastantes estreias alemãs. Com abertura de portas agendada para 15 de setembro várias marcas estrearão modelos e conceptcars que definirão a tendência da indústria automóvel dos próximos tempos. A BMW revelará dois novos modelos: o novo topo de gama Série 7 e o atraente crossover X1. A Audi terá um trio de estreias forte: o novo TT RS, o SQ7 e o conceptcar Q6 e-tron que será o concorrente do BMW X6 e do novíssimo Mercedes GLE. A Mercedes terá como principal destaque o novo grande SUV GLS, sucessor do anterior GL, e mostrará também um outro modelo de grandes dimensões o Classe S Cabrio. A presença da Porsche far-se-á notar através da revelação de um renovado 911 e talvez este seja o momento de aparição do mini-Panamera Pajun. A marca britânica Jaguar, britânica mas cada vez mais pautada pelos padrões alemães, mostrará o SUV F-Pace.

BMW Série 7

BMW série 7

O novo topo de gama da BMW apresenta uma revolução no segmento. Com construção em fibra de carbono e um interior ainda mais luxuoso onde pontuam as mais avançadas tecnologias, o novo Série 7 merecerá talvez o maior destaque de todo o Salão do Automóvel de Frankfurt. Para se impor no mercado terá de suplantar o estratosférico Mercedes Classe S.

BMW X1

 

bmw x1O pequeno crosover da BMW promete números elevados de vendas. Contrariamente ao discutível modelo da anterior geração, o novo X1 tem estética muito apelativa e próxima dos padrões inaugurados pelo primeiro monovolume da BMW. A tração dianteira e toda a plataforma são herdados do monovolume compacto 2 Active Tourer. Neste caso a BMW preteriu a dinâmica de condução a favor do design mais consensual. Entre os concorrentes o novo BMW X1 não terá quaisquer problemas em impor-se face ao Audi Q3, e terá no Mercedes GLA um concorrente de peso. O certame de Frankfurt será determinante para que o novo X1 construa de imediato uma forte ligação com o muito público.

Audi TT RS

audi tt rs

O primeiro TT RS foi um dos melhores automóveis que a Audi construiu em toda a sua longa história. Considerado pelos puristas da marca como um mini-R8 a nova geração terá como base a plataforma modular MQB, que serve de pilar a um grande número de modelos do grupo Volkswagen. O novo Audi TT RS recorre a uma unidade com 2,5 litros Turbo de cinco cilindros. Este motor é já utilizado pela Audi no RS3. Este carro será incrivelmente rápido e poderá ombrear com as performances de modelos como o Porsche 911, BMW M4 e Mercedes C 63 AMG.

Audi SQ7

audi sq7

A Audi lançou recentemente a nova geração do seu grande SUV Q7. Testado já por diversos jornalistas e clientes este novo Audi tem recebido muito e boas críticas, em parte conseguidas graças à sua nova plataforma superleve MLB que surgiu para estabelecer novos padrões no segmento. Por exemplo o novo Q7 é mais leve 325 kg do que o modelo de referência no seu segmento. Ainda entre as melhorias introduzidas no novo Q7 a Audi afirma que o novo modelo é mais eficiente 26%. No conjunto o novo SQ7, que agora será mostrado no Salão do Automóvel de Frankfurt, garantirá muito altas performances, acompanhadas por um comportamento dinâmico irrepreensível e que o tornarão num modelo célebre no mercado. A versão SQ7 acrescentará uma palavra a dizer no lote de SUV superdesportivos onde figuram modelos como o BMW X5M, Mercedes ML 63 AMG e Porsche Cayenne Turbo S.

Audi Q6 e-tron

audi q6 e-tron

Depois da BMW ter inaugurado o subsegmento dos SUV ‘falso-coupé’ com o X6 e a Mercedes ter adicionado muito recentemente a proposta GLE Coupé a Audi finalmente entrará para esta lista em crescimento. Há alguns anos que a marca alemã tinha em estudo um modelo com estas caraterísticas. No Salão de Frankfurt será mostrado um conceptcar que antecipa o futuro modelo da marca do grupo Volkswagen. O Q6 e-tron terá uma palavra a dizer já que os consumidores de todo o mundo têm sentido enorme desejo na aquisição de carros com esta configuração de carroçaria. O protótipo que será estreado dará boas indicações à concorrência que ainda não oferece motorizações híbridas nas suas propostas.

Mercedes-Benz GLS Class

mercedes gls

A Mercedes mostrará o substituto do seu enorme SUV GL. Pioneiro entre todos, o novo GL não rasga o conceito da geração que lhe sucede podendo ser vista como uma mera atualização. Desejado por muitos mercados do Médio e Extremo Oriente, assim como em todo o continente Americano, o novo GL deverá contar a partir de 2017 com o rival X7 da BMW.

Mercedes-Benz S Class Cabrio

mercedes classe s cabrio

A popularidade histórica do topo de gama Classe S da Mercedes é um facto que em muito contribuiu para que a marca alemã desse luz verde à diversificação de variantes de carroçaria do enorme automóvel. Luxuoso por natureza, o Classe S tinha já na versão Coupé um excelente embaixador da marca que a partir de agora contará com uma versão descapotável Cabrio. A estética exterior, à qual se adicionam interiores luxuosos e motorizações refinadas tornarão sem grande margem para dúvidas este modelo da Mercedes num sério sucesso de vendas entre os automóveis topos de gama.

Jaguar F-Pace

jaguar f-pace

Jaguar procura cada vez mais aproximar-se dos tradicionais fabricantes de automóveis premium alemães. Depois do modelo XF a marca lançou o XE, pretenso e bem conseguido concorrente no segmento das berlinas médias onde os modelos BMW Série 3, Mercedes Classe C e Audi A4 impõem a sua lei. De acordo com a estratégia de marketing da Jaguar agora será a vez da marca britânica fazer a sua estreia no campo dos SUV com o novo F-Pace. Este modelo pretenderá ombrear com as propostas da Audi (Q7), BMW (X5) e Mercedes (ML). O novo Jaguar F-Pace será um modelo com um vincado caráter desportivo e que poderá criar danos nas vendas do modelo X5 da BMW.

Porsche 911

 

porsche 911 2016

A estreia do renovado 911 acontecerá no stand da Porsche no Salºao do automóvel de Frankfurt. Além dos ligeiros retoques estéticos o novo 911 estreará mais motorizações turbo. Há muito que a Porsche tem versões turbo nas suas gamas e os clientes gostam. Esta nova moda dos motores turbo tem vindo a ser utilizada por um crescente número de fabricantes em modelos de utilização diversa nas suas gamas. Ou seja, se até um pequeno Opel Corsa 1.0 já tem turbo, porque não poderia o mais célebre dos automóveis desportivos recorrer a este dispositivo ‘estimulador’ de potência?

Porsche Pajun

 

porsche pajun

Há muito que a Imprensa especializada anuncia o Pajun, o mini-Panamera que terá como alvo o segmento das berlinas familiares. A estreia no Salão de Frankfurt deste ano do Porsche Pajun é improvável mas os analistas acreditam que este seja o momento ideal para a marca atingir fulcralmente os rivais no mercado: a Audi lançou um insípido A6 em 2014, a BMW conta com um desatualizado Série 5 que será apenas substituido em 2017 e a Mercedes tem no seu portefólio de modelos o Classe E já com 2 anos e meio de existência. Os tradicionais valores da Porsche, fabricante de reconhecidos modelos de performance superior, serão valorizados pelos tradicionais clientes das marcas premium alemãs.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *