BMW estreia novos M6 GTLM e GT3 nas 24 horas de Daytona

Quarenta anos depois da primeira vitória nas 24 Horas de Daytona a BMW regressa a esta importante prova do automobilismo mundial com fortes argumentos. Com dois novos carros, o BMW M6 GTLM e o BMW M6 GT3, cuja preparação e assistência foi entregue à BMW Team RLL, a marca ambiciona um excelente resultado no final nas categorias GTLM e GTD. Os novos BMW M6 rendem os serviços prestados nos últimos anos pelos BMW Z4 GTLM e GT3 que tantas vitórias garantiram à marca bávara nos Estados Unidos da América.

A equipa BMW Team RLL assinala este ano o oitavo de ligação à BMW Motorsport no ano da celebração do centenário da BMW. Esta importante efeméride será assinalado num dos carros inscritos na categoria BMW M6 GTLM na temporada do IWSC com o número 100. O desvendar da decoração deste carro acontecerá no próximo dia 27 de janeiro numa conferência de Imprensa em Daytona. Esta equipa é liderada pelo ex-campeão de Indycars Bobby Rahal.

Concorrência forte

De forma a garantir que os novos BMW M6 estão ao mais alto nível e serão capazes de bater na pista os concorrentes da Chevrolet, Ferrari, Ford e Porsche, a BMW Team RLL optou por manter o alinhamento de pilotos. Assim os BMW M6 GTLM serão entregues na formação do carro 25 ao americano Bill Auberlen e ao alemão Dirk Werner que para a longa prova de Daytona contarão com a ajuda dos pilotos da BMW no DTM: o brasileiro Augusto Farfus e o canadiano Bruno Spengler. No BMW M6 GTLM nº100 estarão o americano John Edwards e o alemão Lucas Luhr que terão o precioso auxílio de Graham Rahal e do único novato na equipa: o canadiano Kuno Wittmer.

Turner Motorsport responsável pelos BMW M6 GT3

Os novos BMW M6 GT3 serão entregues aos especialistas da Turner Motorsport e terão como principal objetivo a vitória na classe GTD. Assim o novo BMW M6 GT3 nº 96 será entregue ao piloto oficial da BMW Jens Klingmann e ao americano Bret Curtis. Para a prova das 24 Horas de Daytona Ashley Freiberg (US) e o piloto da BMW no DTM Marco Wittmann darão importante contributo. Tal como no passado ano, a condução do BMW nº97 será partilhada entre Michael Marsal e o finlandês Markus Palttala que receberá também ‘temporariamente’ os pilotos Maxime Martin e o junior finlandês Jesse Krohn.

Daytona Rising trouxe alterações significativas à pista

As equipas da BMW enfrentarão um traçado com bastantes alterações ao que estavam habituadas. O programa ‘Daytona Rising’ de modernização do complexo de desportos motorizados trouxe novidades ao Daytona International Speedway. A bandeirada verde de partida será dada no próximo sábado (30 de janeiro) às 14h40 (hora local).

BMW M6 GTLM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *