Quais os carros que já têm Android Auto a bordo

O Android Auto será a revolução dos sistemas de informação, comunicação e entretenimento a bordo dos automóveis. Muito aguardado pelos consumidores, a sua implementação em automóveis tem vindo a ser adiada desde há dois anos, começando agora a surgir no mercado automóveis que oferecem já o acesso a esta importante funcionalidade do sistema operativo da Google. Ao contrário do que acontece com os smartphones, muitos são os fabricantes apostados em opções bipartidas como o MirrorLink, e que permite aceder ao Android Auto ou ao CarPlay da Apple.

Se está em vias de comprar um automóvel novo em 2016 e é fã de tecnologia então recomendamos que aposte num modelo que permita o acesso ao Android Auto. Praticamente todos os modelos mais vendidos das mais populares marcas de automóveis oferecem já a possibilidade de aceder confortavelmente e através do equipamento do carro ao universo Google com facilidade e segurança.

O Android Auto conta com comandos de voz para aceder a toda a informação do smartphone, incluindo a navegação através do Google Maps e os comandos do leitor de multimedia ou até mesmo a leitura de mensagens de e-mail em voz alta através de um mecanismo próprio. Ou seja, tudo o que consegue fazer no seu smartphone passa a ser possível artavés do automóvel.

Requisitos do Android Auto

Para usufruir do Android Auto precisa da aplicação oficial. Esta app é compatível com todos os telemóveis com Android 5.0 Lollipop ou superior. O seu funcionamento é extremamente simples e a familiarização com a sua utilização leva apenas alguns minutos.

A ligação ao automóvel é feita através do emparelhamento sem fios Bluetooth e no arranque é-nos dada a chance de configurarmos a forma como interagimos com a aplicação e com a nossa conta da Google.

Ao contrário do que acontece com os produtos android TV e Wear, também eles propriedade da Google, o Android Auto tem reunido um grande consenso e índice de cooperação com  fabricantes, neste caso de automóveis. Em termos de mercado a Google perde exclusividade já que a rival Apple tem um produto semelhante em produção: o CarPlay, restando a  luta pelo maior número de modelos com a tecnologia Android Auto ou CarPlay.

2016 será o ano do grande arranque do Android Auto com a inclusão em várias modelos de marcas distintas de automóveis. O número de modelos comercializados em Portugal com o Android Auto ainda é escasso mas contempla já algumas escolhas. Entre os destaques, todavia sem grande número de informação disponível estão as produções de 2016 do Honda Civic, do topo de gama Kia Optima e da maior parte dos modelos da Fiat e da Chrysler. A Citroën optou por incluir a tecnologia Mirror Screen que disponibiliza Mirrorlink e CarPlay

Audi

A Audi também inclui o Android Auto nos seus automóveis, por enquanto com uma presença tímida os novos A4 e A4 Avant dispõem do opcional ‘interface Audi para smartphone interface’ por um preço a rondar os 400 euros e que nos ligará ao Android Auto através de bluetooth e ao CarPlay da Apple através de cabo.

Ford

ford sync 3 android

Os recentes modelos de 2016 da FordFocus Mustang incluem o sistema Sync 3 que já conta com compatibilidade com o Android Auto da Google. Todavia a grande força de vendas da marca no nosso mercado, o urbano Fiesta, continua sem poder contar com acesso a esta importante tecnologia de conetividade.

Opel

opel intellilink android auto

A Opel foi das primeiras marcas a divulgar um sistema de porte do ecrã do smartphone para o sistema do automóvel com o lançamento do Intellilink em simultâneo com a aparição do pequeno modelo ADAM. Para se conseguir a funcionalidade do Android Auto é necessário um modelo com o rádio Intellilink 4.0. Segundo a Opel esta moderna unidade de multimedia tem ecrã de 7 polegadas, ligação Bluetooth e USB que oferecem acesso ao CarPlay e Android Auto. Por enquanto esta tecnologia ainda só está disponível no novo Opel Astra K, modelo que arrancou no início do ano a sua comercialização em Portugal.

Seatseat android auto

A marca espanhola SEAT apresentou há alguns meses a sua tecnología Seat Full Link que adiciona aos sistemas multimedia dos seus automóveis as funcionalidades Mirrorlink, CarPlay e Android Auto. Os modelos da gama de 2016 da Seat contam todos com esta tecnologia, numa panóplia que abrange desde o Seat Ibiza até ao recente Seat León.

Volkswagen

Um dos primeiros automóveis a oferecer o Android Auto em Portugal foi o Volkswagen Touran, que trouxe novidades interessantes neste capítulo.
A aposta forte do fabricante alemão no Car-net App connect está a ser gradualmente exportada para outros modelos da gama além do Touran como o Polo, o Passat, o Beetle, o Tiguan, o monovolume Sharan e o desportivo Scirocco.

Conclusão

Apesar do sistema Android Auto da Google apresentar já um índice de maturidade bastante elevado a sua implementação no mercado tem tardado. A demora da resolução dos contratos dos fabricantes de automóveis com os fornecedores de sistemas multimedia é uma das causas desta situação. Os fabricantes de automóveis apenas agora comelam a despertar para a necessidade de atualização com grande frequência dos sistemas de informação, comunicação e entretenimento a bordo. Recordamos que até há bem pouco tempo quando um automóvel era lançado no mercado a sua oferta em termos de sistemas de infotainment era a mesma à data da substituição desse mesmo modelo. As necessidades do mercado atualmente vão muito mais além, exigindo atualizações quase permamentes em termos tecnológicos. Existem já vários projetos para que os sistemas multimedia a bordo de automóveis sejam fabricados de forma modular, ou seja, dando ao utilizador a possibilidade de ir efetuando upgrades à medida que a tecnologia for evoluindo, tal como acontece com um vulgar computador em que através de ‘slots’ vamos adicionando memória ou processador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *